Religious Technology Center Religious Technology Center
Proprietário das Marcas Registadas de Dianética e Scientology
Introdução
A Religião de Scientology
A Salvaguarda do Futuro de Scientology
David Miscavige Presidente do Conselho
Enviar um Relatório a RTC
Assuntos de Interesse para RTC
Contactos

Os antigos ensinamentos religiosos, tradicionalmente passados de boca em boca ou gravados por escribas, estavam sujeitos tanto a alterações como a interpretações incorrectas. Em contraste, os avanços tecnológicos deste século facilitaram o registo permanente das escrituras de Scientology em livros, conferências gravadas e filmes. Visto que os manuscritos e gravações originais do Sr. Hubbard podem sempre ser examinados e verificados, a tecnologia, na verdade, nunca se poderá perder. No entanto, apesar do aparecimento de Scientology numa era de avanços tecnológicos, a religião e as suas igrejas depararam-se mesmo assim com a maldição da alteração e reinterpretação que atormentou outras religiões.

Felizmente, coincidentes com os avanços na comunicação, foram desenvolvidos e usados corpos de leis sobre direitos de autor e marcas registadas, para proteger inclusivamente as escrituras e os símbolos religiosos do uso impróprio e da alteração. É essa função fundamental, da protecção das marcas registadas e das escrituras religiosas avançadas da religião de Scientology, que o Religious Technology Center providencia. Isto é uma função que garante a pureza e a funcionalidade de Scientology pelo futuro afora.

Inicialmente, o Sr. Hubbard supervisionou pessoalmente a prática ortodoxa de Scientology. Como uma parte integral desse esforço, ele também registou como marcas registadas, capazes de serem protegidas legalmente, muitas das palavras e símbolos identificadores da religião, tais como "Dianética” e "Scientology.” Estas marcas registadas forneceram um mecanismo legal para assegurar que as tecnologias religiosas de Scientology são ministradas de forma standard, exactamente de acordo com as escrituras, e que não são alteradas por apropriação indevida ou uso impróprio. Elas forneceram também um mecanismo legal para impedir qualquer pessoa de oferecer uma versão alterada ou inautêntica de Dianética e Scientology, e de a apresentar falsamente como a verdadeira tecnologia.